jump to navigation

Direitos Humanos, você quer defender essa bandeira? maio 23, 2008

Posted by ivanildafigueiredo in Noticias.
trackback

Os Direitos Humanos foram centrais na plataforma de Sarkozy antes de sua eleição. No entanto, o presidente vem ignorando essas questões em suas últimas visitas a países como a Tunísia e a China. Dessa forma, Sarkozy deixa de exercer o poder de influência que a França possui para fins de auxílio humanitário.

 

Sarkozy é criticado por ignorar direitos humanos na Tunísia

Reuters/Brasil Online

Por François Murphy

PARIS (Reuters)

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, recebeu duras críticas nesta por não ter abordado a questão dos direitos humanos em uma visita à Tunísia. 

 

Sarkozy chegou ao poder há um ano, prometendo colocar os direitos humanos no centro da política internacional francesa, mas suas negociações com países como a China e a Líbia, que lhe renderam numerosos acordos comerciais, levaram muitos a dizer que suas promessas eram vazias.

 

Grupos de defesa dos direitos humanos acusam o governo da Tunísia de amordaçar a imprensa, prender seus oponentes e espancá-los. As autoridades negam as acusações.

 

Durante a viagem de Sarkozy ao país, a companhia aérea estatal Tunis Air assinou um contrato para comprar 19 aviões Airbus por mais de um bilhão de euros (1,56 bilhão de dólares).

 

As perspectivas para os direitos humanos não são boas. Se os países “desenvolvidos” não podem (ou não querem atuar) e a ONU muitas vezes não é efetiva (vejam Darfur), o que nós podemos fazer?

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: