jump to navigation

Desaparecimento de testemunha de crimes contra os direitos humanos preocupa a Argentina maio 22, 2008

Posted by ivanildafigueiredo in Noticias.
trackback

Com o fim de regimes militares, as vítimas e seus parentes podem recorrer à justiça pela violação dos direitos humanos. No entanto, importantes testemunhas vêm sumindo antes dos julgamentos. Com esses desaparecimentos surge o questionamento de se os responsáveis pelas torturas durante a ditadura continuam possuindo tamanha influência.

 

Depois do caso Julio López, desaparecido desde 2006, o desaparecimento de mais uma testemunha-chave dos julgamentos por violações dos direitos humanos durante a última ditadura militar na Argentina (1976-1983), gerou preocupação ao governo.

 

Sobrevivente de centros clandestinos de extermínio do regime militar, ativista dos direitos humanos e presidente da Casa da Memória da cidade de Zárate, Juan Puthod, 50 anos, foi visto pela última vez na noite de terça-feira, segundo um membro de sua família.

 

Assim como López, Puthod testemunhou nos julgamentos de crimes de lesa-humanidade cometidos pelo regime militar.

 

Puthod ainda não tinha completado 18 anos quando foi preso, passando por vários centros clandestinos. Em um deles, perdeu a visão durante uma sessão de tortura.

 

Já no Brasil, o Ministério Público acaba de propor o primeiro processo contra um toturador após ter permanecido silente durante logo tempo em obediência a lei de anistia ampla e irrestrita que eximiu tanto os esquerdistas quantos os militares. Embora, estivesse bastante claro ao meu ver que atos de tortura, morte e desaparacimento não poderiam ser anisitiados.

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: