jump to navigation

Indenização, morte e justiça. abril 18, 2008

Posted by ivanildafigueiredo in Noticias.
trackback

19 mortos. 69 feridos. Ano: 1996. Fato: Massacre de Eldorados dos Carajás. Causa da morte: foram mortos com tiros à queima-roupa, pelas costas ou na cabeça e com golpes de machado e de facão. Motivo: os sem-terras tentaram ocupar de fazenda improdutiva quando foram surpreendidos com violência pelas forças policiais. 12 anos depois, um grupo de 19 sobreviventes e parentes de vítimas do massacre recebe indenizações nesta quinta-feira da governadora do Pará, Ana Júlia Carepa (PT), em ato simbólico em Belém. Pagas a mando da Justiça, as indenizações variam entre 30 a 90 mil e são pagas em forma de precatórios, ou seja, só serão pagos com o orçamento de 2009. Os valores variaram de acordo com a gravidade do caso. Vários sobreviventes têm balas alojadas pelo corpo em local de impossível retirada. Não há discussão que a indenização é um ganho. Mas, 12 anos depois?? E as seqüelas físicas que poderiam ter sido tratadas? E os órfãos que tiveram de ser sustentados? Para piorar, com os acusados soltos? Esse é um exemplo de justiça? Tenho minhas dúvidas.

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: